Acusações de Augusto Inácio são “falsas e caluniosas”

O antigo futebolista do Sporting Pedro Barbosa disse hoje que as acusações do seu antigo treinador Augusto Inácio são “falsas e caluniosas” e anunciou que vai processar o agora comentador.

Barbosa, que jogou no Sporting durante 10 anos, acusou o antigo técnico, que o orientou nas épocas de 1999/2000, na qual se sagraram campeões nacionais, e 2000/2001, de prestar “declarações falsas e caluniosas” em três entrevistas, a primeira ao Observador, a segunda ao canal ‘online’ Sporting160 e a última ao Expresso, entre 27 de janeiro e 25 de fevereiro.

Entre as acusações de Inácio, está a crítica a Barbosa por ter agido contra os interesses do clube, incluindo ter forçado uma expulsão num Benfica-Sporting (3-0) em 2000/2001, entre outros momentos, que, considerou o antigo técnico, funcionaram para o afastar do comando técnico da equipa ‘verde e branca’.

Após 18 anos, e do nada, Augusto Inácio vem, incompreensível e gratuitamente, tecer considerações inverídicas e maldizentes

O jogador considera que as menções “deturpam” a sua imagem por “ofensas verbais, de falsidades óbvias, de insinuações infundadas e, até, de situações inventadas” que não afetam “toda a dedicação demonstrada enquanto atleta”, surgindo “só para justificar a chicotada psicológica de que foi alvo e da qual, pelos vistos, nunca recuperou”.

Barbosa lembra os anos como jogador e depois como dirigente ao serviço dos ‘leões’ e acusa Inácio de “uma miserável, raquítica, impotente e torpe tentativa de deturpação do trabalho sério e honesto de uma vida, falsificando a realidade e fomentando intriga desnecessária e verdadeiramente fora de época”.

Pedro Barbosa, também ele atualmente a trabalhar como comentador desportivo, explicou ainda que vai acionar “todos os mecanismos legais”, incluindo os tribunais, “para repor a verdade e o bom nome”.